Trocador de Calor


O trocador de calor é um dispositivo que transfere energia térmica de um meio para outro. É um equipamento de extrema importância para a engenharia e muito utilizado em indústrias. Mas também possuem aplicação doméstica, como em geladeira, ar-condicionado e também as piscinas.

O trocador de calor tem como finalidade, realizar o processo de troca térmica; fluido quente e fluido frio, podendo ser feito em sistemas separados ou misturando os fluidos. Ele pode ser usado tanto para esquentar quanto para resfriar. Na aplicação para piscinas o objetivo é aquecer a água da piscina.
Este equipamento foi projetado inicialmente para reaproveitar a energia térmica presente nos fluidos quentes, conservando e reaproveitando a energia, que seria aplicada em diversos setores da engenharia, como importante ferramenta para a preservação do meio ambiente. A troca de calor ocorre por contato direto entre o ar e a água. Assim a água é aquecida e pode ser utilizada a qualquer hora do dia.
Para uma melhor troca de calor, os materiais usados na fabricação dos trocadores de calor geralmente possuem um coeficiente de condutibilidade elevado, com a utilização do cobre e alumínio.
Existem dois tipos de trocadores de calor; o monofásico, que proporciona a mudança de fase no fluido a ser refrigerado ou aquecido e a multiface, que proporciona uma mudança de estado físico do fluido. Também são conhecidas como trocadores de contato direto e trocadores de contato indireto.
No caso dos trocadores de calor diretos, dois fluidos de temperaturas diferentes se misturam e alcançam taxas de transferência de calor muito altas. Pode ocorrer tanto em ambiente aberto, quanto em sistema fechado. Suas aplicações comuns são para a transferência de massa, além da transferência de calor.
No caso dos trocadores de calor indiretos, os fluidos possuem um fluxo contínuo através de uma parede que os separa e não permite a mistura dos fluidos quentes e fluidos frios. Ambos os fluidos percorrem alternativamente as mesmas passagens. O fluido quente gera a energia térmica que é armazenada na matriz, e quando o fluido frio passa pela mesma passagem, a matriz libera a energia térmica.
O trocador de calor precisa ser verificado com certa frequência. Suas peças precisam ser desmontadas e limpas periodicamente, para evitar a incrustação nas paredes do tubo de passagem dos fluidos. A incrustação prejudica a eficiência do aparelho em realizar a troca de fluidos para a geração de energia térmica que irá aquecer a água da sua piscina. E para a retirada da incrustação será necessário o uso de produtos químicos. Por isso uma avaliação constante se faz necessária.


Os trocadores de calor, além de realizarem a troca térmica, também proporcionam o melhor aproveitamento energético favorecendo o meio ambiente, pois evita o descarte de fluidos em temperaturas elevadas.
Mas para obter um bom reaproveitamento e chegar à temperatura ideal, é preciso ter certos cuidados; como dimensionar o trocador de calor pela área de superfície e profundidade de sua piscina. Desta forma não haverá a perda de calor.
E do ponto de vista econômico, o trocador de calor é capaz de realizar um processo de troca térmica mais eficiente. Portanto é um grande concorrente aos equipamentos utilizados para o aquecimento de piscinas.

Aproveite o benefício de utilizar sua piscina o ano inteiro! A Piscinas Planalto pode te ajudar a escolher a melhor forma de aquecer sua piscina. Entre em contato conosco nos telefones (31) 34414314 / (31) 998367478  WhatsApp / (31) 988118299 ou entre em nosso site www.piscinasplanalto.com.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário