Conhecendo os esportes aquáticos – Surf

Vamos dar sequência a nossos artigos sobre os esportes aquáticos, com o intuito de inspirar nossos leitores a praticar esportes que podem começar dentro de nossa própria casa. E o esporte de hoje será o surf.

O surf, ou surfe, é um esporte de origem disputada entre Polinésia e Peru. No Hawaii as pranchas eram fabricadas em madeira denominada Alaia e, no Peru, as pranchas eram fabricadas de Junco. Uma disputa que dura até hoje e ainda não se sabe de qual lugar realmente surgiu o surf.
O esporte ficou conhecido mundialmente após o campeão olímpico, o havaiano Guke Paoa Kahanamoku ganhar a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Estocolmo, em 1912. O atleta contou ao mundo que praticava o surf, um ato de cavalgar as ondas do mar. E assim surgiu o interesse mundial pelo esporte, sendo introduzido na América em 1913 e na Austrália em 1915. Já no Brasil, o esporte foi introduzido em 1952, quando um grupo de cariocas, da cidade de Santos desceram as ondas em Copacabana.
Surf é um esporte radical, individual, efetuado na superfície da água, praticado no mar, onde o objetivo de domar a natureza das ondas, com graus de dificuldades nos movimentos executados pelo surfista ao deslizar em pé na prancha de surf, antes que a onda se quebre ou chegue até a costa.
De todos os esportes radicais, o surf é o mais praticado deles. O esporte baseia-se em acompanhar o movimento de uma onda, em cima de uma prancha, em mar aberto. Mas em certas ocasiões pode ser praticado também lagos, rios e piscinas com ondas. Pode ser praticado por ambos os sexos e sem discriminação de idade. O surf pode ser praticado por crianças a partir de 5 anos, desde que saibam nadar.
Seus equipamentos consistem em uma prancha (onde o surfista se equilibra m pé sobre a onda), o leash (corda da prancha amarrada ao calcanhar do surfista), a parafina (utilizada para firmar os pés do surfista na prancha entre as ondas) e o neoprene (roupa utilizada principalmente no inverno ou em mares frios). Existem algumas variações do esporte, baseadas no tamanho das pranchas.










O surf só foi reconhecido como esporte em 1988, pelo Conselho Nacional de Desportos. Atualmente, a organização do campeonato mundial, regulamentação e diretrizes do esporte são responsabilidades da Associação dos Surfistas Profissionais (ASP) e no Brasil, também da Confederação Brasileira de Surfe (CBSurf).
Atualmente são utilizados vários recursos tecnológicos para saber como estão as ondas e suas condições, que auxiliam na prática um pouco mais segura do esporte. Antes do uso da tecnologia, os atletas iam até a praia para praticar o esporte sem saber as condições do mar, muitas vezes se deparando com condições adversas à prática do surf.
Hoje os maiores surfistas são avaliados em uma disputa no WCT (World Championship Tour), que consagra o campeão mundial de surf. E com o grande crescimento da prática do esporte, em 2016 foi assumido pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) como esporte olímpico, sendo inserido nos Jogos Olímpicos do Japão, em 2020.

Inspire-se nos esportes aquáticos. Comece a praticar um dos esportes aquáticos. Com uma piscina em casa, você pode treinar enquanto se diverte. Consulte os projetos da Piscinas Planalto em nosso site www.piscinasplanalto.com.br e entre em contato conosco pelo telefone (31) 34414314.

Nenhum comentário:

Postar um comentário