Revestimento de vinil em piscina de azulejo

Piscinas com revestimento de azulejo necessitam de manutenção periódica. E mesmo assim, em algum momento, inevitavelmente, aparecerão fissuras nos rejuntes dos azulejos e consequentemente infiltrações. Por isso uma saída mais econômica para voltar a utilizar a piscina seria realizar um revestimento de vinil nela.

Todas as piscinas podem sofrer danos, mas pelas características da construção da piscina de alvenaria, os custos são relativamente altos quando comparado ao reparo em piscinas com revestimento de vinil. Em certos casos se torna necessário reconstruir toda a piscina do zero. Mas podemos evitar grandes custos instalando o revestimento de vinil nas paredes da piscina de azulejo.
Com o revestimento de azulejo não há garantia alguma de que os problemas serão resolvidos por completo, pois as infiltrações por fissuras são de difícil localização assim como as trincas estruturais. E para colocar o revestimento de vinil em uma piscina de azulejo, além de uma economia incomparável é também simples e rápido, com aspecto de novo que dura por muitos anos.
Primeiro é necessário corrigir as imperfeições do revestimento em azulejo com a utilização de massa fina. Depois os dispositivos do revestimento em azulejo devem ser substituídos por dispositivos próprios para o vinil.
Não é obrigatório, mas é recomendada a quebra dos cantos da piscina em um ângulo de 45° (quarenta e cinco graus), chanfrados ou arredondados, para um melhor encaixe do vinil. Logo em seguida é necessário instalar o perfil de fixação do vinil ao redor de toda a borda da piscina. O perfil cumpre o dever de fixar o vinil de baixo da borda da piscina.
Após os procedimentos citados acima, começam os mesmos procedimentos utilizados na construção de uma piscina de vinil.
Em seguida é feita a limpeza das bordas e fundo da piscina para que possa receber a manta amortecedora, material recomendado para amortecer a pressão da água entre o revestimento de vinil e o piso da piscina, evitando-se assim que pequenas imperfeições pontiagudas venham a provocar pequenos furos ou rasgos no revestimento.
O revestimento deve ser aberto no fundo da piscina e fixado no perfil começando pelos cantos para não causar dobras no vinil, sempre deixando um pequeno vão para a mangueira do aspirador, que irá retirar todo o ar e rugas da piscina.
Durante o processo de enchimento da piscina, o revestimento do vinil é fixado à estrutura pela ação do vácuo criado, proporcionando um revestimento uniforme e sem rugas, para logo em seguida encaixar o revestimento que sobrou no vão, fechando o espaço faltante.
E enfim sua piscina com revestimento em azulejo se transforma em uma piscina com revestimento em vinil, com mais vantagens. Com a piscina de vinil você economiza em casos de reparos e sempre que desejar, poderá trocar a estampa do revestimento de vinil dando uma cara nova à sua piscina.
A troca do revestimento de azulejo para o revestimento de vinil tem se tornado comum. Mas a troca deve ser feita por profissionais especializados. A Piscinas Planalto pode te auxiliar nesta troca. Entre em contato pelo telefone (31) 3441 4314 e faça seu orçamento.


Nenhum comentário:

Postar um comentário