Orientações para construir piscina de vinil

Aproveitar um lindo dia de sol, à beira da piscina, com amigos e familiares. Este é o sonho de muitos. Mas nem todo mundo sabe como começar a realizar este sonho. Por isso vamos passar algumas orientações para que o projeto de sua piscina saia perfeito.


1. Planeje a piscina. É preciso decidir inicialmente como será a piscina que quer construir.  Ela será redonda? Quadrada? Qual a profundidade?

2. Obtenha uma licença. Obtenha uma licença da prefeitura de sua cidade. A empresa contratada para a construção da piscina pode te ajudar, se tiver experiência neste caso. Não registrar a sua piscina na prefeitura pode ser visto como sonegação.


3. Posicionamento e marcação. Escolha o melhor local para construir sua piscina. O local mais indicado é o mais elevado, evitando que a água da chuva escorra para a piscina. Lembre-se de reservar um espaço para a casa de máquinas e outros dispositivos externos, que façam parte de seu projeto. Faça a marcação de cada local no solo.


4. Escavação do terreno. O buraco precisa ter 25 a 30 centímetros a mais que as dimensões da piscina, para a construção das paredes e instalação da parte hidráulica. Geralmente a casa de máquinas é escavada a dois metros de distância da piscina. O espaço precisa comportar o filtro e a bomba da piscina, e quaisquer outros dispositivos complementares.

5. Nivele o solo. O solo deve ser nivelado, pois se tornará o fundo da piscina. Assim, o processo de colocar o piso e construir as paredes ficará bem mais fácil. Ou pode construir um piso inclinado, desde que contrate contrate alguém com experiência para fazê-lo.

6. Instale o encanamento. Instale os canos necessários para a piscina. Será necessário criar um sistema de suprimento e filtração que atenda aos códigos de construção da área.

7. Passe a eletricidade. Instale energia à sua piscina, se ela for necessária para a iluminação ou o sistema de filtração. É importante contratar um profissional qualificado, pois podemos imaginar as consequências de uma fiação ruim em contato com a água.


8. Estruturas, paredes e pisos. Os tubulões devem ser furados de 2 em 2 metros com 70 cm de profundidade e deve ser feita a armação com ferragem 5/16, com a finalidade de transmitir o peso da piscina para o solo de suporte. Deve-se construir uma malha com ferro com mais ou menos sete centímetros de concreto para receber o piso. É preciso encher os tubulões no mesmo momento em que o piso é feito. As paredes são feitas com blocos vazados cheios de concreto. Por ser feito de cimento e pó de pedra oferece uma boa resistência mecânica e não apodrece com a umidade. Mantenha as paredes uniformes e niveladas umas com as outras.

9. Enchimento, chapisco e cantos. Encha as colunas e das canaletas. Depois do enchimento faz-se o chapisco que prepara as paredes para receber o reboco. Todas as quinas devem ser arredondadas,pois o revestimento vinílico não se adapta às quinas. Faça o reboco utilizando areia lavada fina. O fundo e as paredes devem ser feitos com cimento queimado sendo assim, não podem haver irregularidades no cimento.

10. Instalação da hidráulica. A instalação hidráulica deve ser feita utilizando tubulação de 50 mm. O ralo de fundo, deve estar próximo da casa de máquinas. Dependendo da localização da saída, o dreno da piscina deve ser chumbado na parede, mas por via de regra deve ficar no chão. Instala-se, além do dreno, os nichos dos refletores, os dispositivos de retorno, os dispositivos de aspiração (a cinquenta centímetros da borda da piscina) e o ladrão (a dois centímetros da borda). O dispositivo de ralo de fundo é instalado na parte mais profunda da piscina (a 40 cm da parede centralizado ao meio da piscina).

11. Instalação do perfil de fixação. O perfil do vinil é quem segura o bolsão vinílico no lugar, no perímetro da borda da piscina. O perfil é fixado em toda a extensão da piscina. Quando a piscina possui muitas curvas, o melhor a se fazer é cortar a parte traseira do perfil para que ele consiga seguir o desenho curvilíneo da piscina.


12. Instalação do revestimento. Cobre-se o fundo da piscina com uma camada de espuma própria, abre-se o vinil posicionado e assentado dentro da alvenaria, já na posição que ele será instalado e em seguida o prendemos ao perfil.

13. Encha a piscina. Com a instalação completa, você só precisará enchê-la. Dependendo de como ela foi encanada, pode ser enchida com seu próprio suprimento de água ou você pode chamar uma fornecedora para a tarefa. A piscina começa a receber a água enquanto um aspirador industrial retira o ar que ficou entre o vinil e a alvenaria.

14. Divirta-se. A piscina está pronta para ser utilizada.


Com projetos arquitetônicos atuais, cada vez mais visando o aproveitamento de espaço, é possível instalar uma piscina mesmo em locais pequenos. As piscinas de vinil, muito utilizadas nos Estados Unidos e Europa, estão ganhando cada vez mais espaço no Brasil, já que são mais acessíveis e o tempo de instalação é baixo em relação aos outros tipos.  


Entre em contato com a Piscinas Planalto (31) 3441-4314/ (31)  99836-7478 WhatsApp ou acesse nosso site www.piscinasplanalto.com.br e peça já seu orçamento.

Um comentário:

  1. Mesmo que você não faça sua piscina com uma loja especializada, é importante que siga as etapas do projeto a execução da construção, use acessórios apropriados para vinil, evitando assim problemas na instalação do bolsão de vinil.Nós da Piscina Planalto,trabalhamos também com orientação ao pedreiro do cliente.

    ResponderExcluir